Psicanálise

“A Psicanálise é, em essência, uma cura pelo amor.”

De 16/10/2016 fevereiro 3rd, 2020

Psicanálise

“A Psicanálise é, em essência, uma cura pelo amor.” ― Freud

Partindo desse pensamento de Sigmund Freud, pai da psicanálise, podemos afirmar que é necessário ter ‘amor ao próximo’ para ser um ótimo psicanalista.

Em uma sessão de análise é necessário empatia por parte do psicanalista, para que consiga se colocar no lugar do outro passando segurança suficiente e, com isso, ocorra a transferência dos sentimentos, sofrimentos e traumas do paciente, essencial em uma análise, onde então começa o trabalho psicanalítico, que requer uma atenção uniformemente flutuante por parte do analista.

Ao ouvir a fala do paciente, o analista irá investigar principalmente aquilo que ‘não foi dito’, aquilo oculto em seu inconsciente, e para que isso ocorra, o analista ‘joga iscas’ e, através da associação livre de palavras, o inconsciente vai sendo desvendado pelo analista junto com seu paciente .

A chegada do ‘insight’ para o paciente é dolorosa, mas libertadora, trazendo a cura para seus sintomas. A sessão psicanalítica é um trabalho árduo, de parceria, empatia e, sobretudo, de extrema confiança.

Fale comigo sobre isso, agende tua consulta.

(19)99675-3901